“Se der medo, vá com medo.”
next »
Eu me chamo antônio. Mentira, é Marcos.
“Quanto mais sei, sei que nada sei.”
“E lá estava eu, deitado em uma rede na varanda de minha casa, estava com meu óculos de leitura, pois estava lendo um livro que aparentemente parecia ser muito bom e com uma xícara de café ao lado para acompanhar a leitura. Podia passar horas ali e não me importava com o tempo, pois esse era meu melhor momento, me sentia bem assim. Geralmente não recebo visitas, minha vida sempre foi meio vazia e isso ás vezes me deixa pensativo, mas logo retorno ao meu recanto que me faz sentir bem. Mas nesse dia ouvi alguém bater em minha porta, e então fui ver quem era. Quando abro a porta me deparo com uma linda moça, com olhos grandes e castanhos, seu sorriso era deslumbrante e me deixou espantando. Gaguejei um pouco e perguntei se podia ajudar, logo ela me encheu de perguntas e eu sem saber responder fui apenas enrolando. Tive a iniciativa de convidá-la para tomar café, e para minha surpresa ela aceitou. Conversamos um pouco e descobri que ela havia se mudado a pouco tempo, e não sabia nada da cidade e perguntou se eu não podia apresentá-la para ela. Mas logo eu que não saio de casa, que me isolo de tudo e de todos, irônico. Depois de algumas horas de conversas ela se despediu, disse que estava tarde e deveria ir, seus cabelos balançavam com o vento, e seu cheiro … ah, era algo diferente, estava me sentindo diferente.”
theme + details + details

Eu espero por alguém que talvez nunca venha.
Carolline Libório.  (via animiciar)


Posted Há 21 horas with 1.205 notas · reblog this
originally animiciar via animiciar


(Fonte: ultimosonho)



Posted Há 21 horas with 12.856 notas · reblog this
originally ultimosonho via sutilizar-se


Um café e um amor. Quentes, por favor. Pra ter calma nos dias frios, pra dar colo quando as coisas estiverem por um fio.
— Caio Fernando Abreu. (via desvaneceram)

(Fonte: NERDBIPOLAR)



Posted Há 2 dias with 18.080 notas · reblog this
originally nerdbipolar via desvaneceram




Posted Há 2 dias with 144.699 notas · reblog this
originally touchdisky via longful


Algum dia, de alguma forma, tudo vai ficar bem.
Nickelback.  (via auroriar)

(Fonte: v0ceeumapartedemim)



Posted Há 2 dias with 118.347 notas · reblog this
originally nobroke via auroriar




Posted Há 2 dias with 270 notas · reblog this
originally invernadouro via invernadouro


Você sabe o que sente, mas, finge que não sente nada, para tentar não sentir.
Orquestrando.   (via revejo)

(Fonte: orquestrando)



Posted Há 2 dias with 82.477 notas · reblog this
originally orquestrando via revejo


(Fonte: sabot-cat)



Posted Há 3 dias with 2.176 notas · reblog this
originally sabot-cat-deactivated20140807 via antipoetico


Não foi dessa vez, da outra também não foi, e muito menos da outra. Meu medo é esse, a minha vez nunca chegar.
Thiara Macedo. (via recontador)

(Fonte: sociedadedospoetasmortos.com)



Posted Há 3 dias with 3.792 notas · reblog this
originally thiaramacedo via recontador


(Fonte: blackasaurus)



Posted Há 3 dias with 173.606 notas · reblog this
originally blackasaurus via tarimbado


ozei:

the light looked really cool okay

ozei:

the light looked really cool okay



Posted Há 3 dias with 160.410 notas · reblog this
originally ozei via tarimbado


Mas aí lembrei, no meio da minha gargalhada, como eu queria contar essa história para você. E fiquei triste de novo.
Tati Bernardi.    (via alentador)

(Fonte: ORQUIDE)



Posted Há 3 dias with 17.157 notas · reblog this
originally orquide-deactivated20131106 via alentador


Um chá para adoçar a vida — e o coração.
Kaique Luna. (via carenciada)


Posted Há 3 dias with 2.727 notas · reblog this
originally antevejo via carenciada


(Fonte: adivinhadindi)



Posted Há 3 dias with 27.604 notas · reblog this
originally adivinhadindi via recomendar


dianostalgico:

vintage photographs

dianostalgico:

vintage photographs

(Fonte: caulifl0wer)



Posted Há 3 dias with 28.666 notas · reblog this
originally caulifl0wer via dianostalgico