“Se der medo, vá com medo.”
« previous next »
Eu me chamo antônio. Mentira, é Marcos.
“Quanto mais sei, sei que nada sei.”
“E lá estava eu, deitado em uma rede na varanda de minha casa, estava com meu óculos de leitura, pois estava lendo um livro que aparentemente parecia ser muito bom e com uma xícara de café ao lado para acompanhar a leitura. Podia passar horas ali e não me importava com o tempo, pois esse era meu melhor momento, me sentia bem assim. Geralmente não recebo visitas, minha vida sempre foi meio vazia e isso ás vezes me deixa pensativo, mas logo retorno ao meu recanto que me faz sentir bem. Mas nesse dia ouvi alguém bater em minha porta, e então fui ver quem era. Quando abro a porta me deparo com uma linda moça, com olhos grandes e castanhos, seu sorriso era deslumbrante e me deixou espantando. Gaguejei um pouco e perguntei se podia ajudar, logo ela me encheu de perguntas e eu sem saber responder fui apenas enrolando. Tive a iniciativa de convidá-la para tomar café, e para minha surpresa ela aceitou. Conversamos um pouco e descobri que ela havia se mudado a pouco tempo, e não sabia nada da cidade e perguntou se eu não podia apresentá-la para ela. Mas logo eu que não saio de casa, que me isolo de tudo e de todos, irônico. Depois de algumas horas de conversas ela se despediu, disse que estava tarde e deveria ir, seus cabelos balançavam com o vento, e seu cheiro … ah, era algo diferente, estava me sentindo diferente.”
theme + details + details

É aquela sensação de estar perdido em si mesmo
Beatriz Cavalcanti.  (via antipoetico)


Posted Há 3 meses with 5.770 notas · reblog this
originally florestares via antipoetico




Posted Há 3 meses with 3.063 notas · reblog this
originally plenoss via plenoss




Posted Há 3 meses with 48.228 notas · reblog this
originally arctium via carencias


(Fonte: vaziamente)



Posted Há 3 meses with 1.815 notas · reblog this
originally vaziamente via carencias


(Fonte: detoxicatted)



Posted Há 3 meses with 80.246 notas · reblog this
originally detoxicatted via plenoss




Posted Há 3 meses with 19.930 notas · reblog this
originally 35mmcoffee-deactivated20130620 via vazante


Você diz que ama a chuva, mas você abre seu guarda-chuva quando chove. Você diz que ama o sol, mas você procura um ponto de sombra quando o sol brilha. Você diz que ama o vento, mas você fecha as janelas quando o vento sopra. É por isso que eu tenho medo, você também diz que me ama.
Shakespeare.      (via parusias)

(Fonte: sociedadedospoetasmortos.com)



Posted Há 3 meses with 50.877 notas · reblog this
originally thebesunnshine-deactivated20120 via distancitou


Dá vontade de voltar no tempo, e consertar.
Manuscrituras     (via eternue)

(Fonte: manuscrituras)



Posted Há 3 meses with 11.216 notas · reblog this
originally manuscrituras via eternue


Eu vou querer um romance.
Sem gelo, por favor.
Gabito Nunes.  (via velejo)

(Fonte: troverai)



Posted Há 3 meses with 46.451 notas · reblog this
originally troverai via distancitou


Eu sei, não é assim, mas deixa eu fingir e rir.
Los Hermanos.  (via segredou)

(Fonte: desculparealidade)



Posted Há 3 meses with 36.366 notas · reblog this
originally desculparealidade via distancitou


(Fonte: oamoreaminhaarma)



Posted Há 3 meses with 8.740 notas · reblog this
originally oamoreaminhaarma via aprendizdepoeta


dianostalgico:

vintage photographs

dianostalgico:

vintage photographs

(Fonte: rachapun)



Posted Há 3 meses with 6.750 notas · reblog this
originally rachapun via dianostalgico


O moço
deixou o óculos
em casa
preferia ver
o embaçado do mundo
do que a realidade covarde
do mesmo.
Docismo.     (via antipoetico)

(Fonte: docismo)



Posted Há 3 meses with 6.068 notas · reblog this
originally docismo via antipoetico


Reparei que ele parecia determinado a não lembrar em nada com o homem que tinha sido; (…) Seus olhos cinzentos tinham marcas de cansaço, ou de desconforto que ele sentia o tempo todo (…) Eles levavam o olhar vazio de alguém que está sempre alguns passos afastado do mundo a seu redor. Às vezes, eu me perguntava se aquilo não era um mecanismo de defesa de Will, já que a única maneira que encontrou de lidar com sua vida foi fingir que não era com ele que aquelas coisas estavam acontecendo.
Como eu era antes de você, página 45. (via reflorido)


Posted Há 3 meses with 9 notas · reblog this
originally vireipassaro via vireipassaro


E até o tempo passa arrastado, só pra eu ficar do teu lado, você me chora dores de outro amor, se abre, e acaba comigo, e nessa novela eu não quero ser teu amigo… É que eu preciso dizer que eu te amo, te ganhar ou perder sem engano, eu preciso dizer que eu te amo…
Tanto.  (via carencias)


Posted Há 3 meses with 1.784 notas · reblog this
originally carencias via carencias